O novo irmãozito   Leave a comment

Os ciúmes são um fenómeno normal nas crianças perante a chegada de um novo irmãozito. Por vezes voltam a comportar-se como bebés para reclamar mais atenção dos pais.

 

“A chegada de um irmão mais novo pode produzir importantes transformações na conduta da criança e mesmo uma regressão. Por exemplo, voltam a exigir o biberão quando já o tinham deixado, chupam outra vez o dedo ou fazem chichi na cama.
É possível que a criança se sinta triste e irritável, e aproveite os momentos em que não é observada para agredir fisicamente o novo irmãozito. Também podem surgir na criança sentimentos de insegurança, medo e angústia.

COMPLEXO DE CAIM

A criança pensa que a mãe prefere o bebé porque este é mais pequeno, e por isso comporta-se como um bebé. Esta atitude é conhecida como “Complexo de Caim”. Este comportamento durará pouco tempo, uma vez que a criança quererá voltar a ser grande para desfrutar das vantagens de ser mais crescida. Os pais devem ser conscientes de que também ele tem necessidade de amor e de carícias.

 

 

CONSELHOS PARA QUE RECEBA O IRMÃO MAIS NOVO COM ENTUSIASMO:

– Durante a gravidez, a mãe deverá falar com a criança sobre o seu novo irmãozito, e explicar-lhe que necessitará da sua ajuda para o cuidar.

– Os pais devem conversar com ele sobre algum amiguinho que tenha irmãos e fazê-lo pensar que será bonito ter um irmãozito.

– No dia em que nasça, é boa ideia oferecer-lhe uma prenda da parte do seu irmãozito.

– Quando a mãe for para a clínica, é conveniente deixá-lo com alguém com quem se sinta importante. O melhor é levá-lo á clínica para ver a mãe e conhecer o bebé.

– Não devemos descuidar a criança devido à chegada do bebé. Os pais deverão fazer um esforço; acompanhando-a, por exemplo, à hora da comida e do banho.

– É bom deixar que a criança toque o bebé e o acaricie desde os primeiros dias. Não devemos ser super-protectores com o novo bebé.

– Os pais deverão explicar-lhe que sempre será amada e protegida por ambos.

– É positivo que os pais desenvolvam na criança o seu sentido de protecção do bebé. (O mais forte protege o mais débil).

Apesar de tudo, os pais devem estar preparados para que o seu filho sinta ciúmes, até se acostumar à nova situação.

Uma vez ultrapassadas as dificuldades da nova etapa pela criança, a nova experiência será enriquecedora. A relação que estabeleça com o seu irmão ajudá-la-á a relacionar-se com as outras crianças. Aprenderá a partilhar e aceitará que em toda a relação é necessário receber mas também é necessário dar.”

Posted Outubro 8, 2010 by infantilidade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: